• All
  • Agenda
  • Áudios
  • Blog
  • Não categorizado
  • Textos
  • Vídeos

Amalaya - Onde os milagres acontecem, foi liberado, abrindo espaço para nascer M.u.d.a. - Momentum Último de Atualização O site do Amalaya continuará no ar para consultas de textos gerados dos momentos tão preciosos que vivemos nesses últimos anos. Nosso novo portal de comunicação virtual será pelo...

Depois de intensos três anos de jornadas autopoietica, estamos nos dedicando à criação e arte da vida diária. No dia a dia, em nossa nova cozinha, na horta, no pomar, na roça, na sala de cinema, nas rodas na fogueira, no convívio com as crianças, nas...

Surge o vazio, o silencio, um campo de infinitas possibilidades que se diferencia no tempo e espaço, assim aparece a vida em sua multiplicidade exponencial. Por isso a ultima verdade de todas as coisas é o seu vazio. Um vazio longe de ser um nada. Um vazio como...

Após 3 anos intensos com as jornadas mensais autopoietica, entramos no ano das praticas criativas e artísticas. Começamos 2019 com lindas mudanças nas estruturas do Amalaya. Temos cozinha nova, um bar prestes a inaugurar, as sessões de cinema, os encontros presenciais "ninguém tá sozinho" e os...

Estamos no momento do Ponto de Inflexão, o ponto onde mudamos a direção da curva, onde nos diferenciamos de nós mesmos, encerrando o conflito entre pensar de um modo, sentir de outro e agir preso a hábitos, crenças e padrões. O alinhamento nos modos de pensar/sentir/agir,...

Eu, particularmente, não gosto de festa de ano novo. Sinto que é uma festa tensa, com muitas expectativas e uma certa histeria. Por outro lado, gosto muito de celebrações e de estar com pessoas conhecidas e desconhecidas, festejando, dançando e convivendo. Sendo assim, para diluir a tensão da...

A vida tem duas bases muito claras: Impermanência e Imprevisibilidade. Essas bases tem a Criação como causa e resultado. A isso podemos chamar de Fluxo. Criação gera impermanência e imprevisibilidade, que gera criação, um fluxo continuo e inédito, um eterno retorno para o novo. Esse é um pensamento paradoxal...

Estamos chegando a nossa ultima jornada autopoiética! Iniciamos em 2016 a criação de um espaço e tempo para presencialmente nos relacionarmos em criação. Nossa primeira foi a jornada no escuro, dormimos ao ar livre, entramos em contato com nossa escuridão que está em busca de luz, e percebemos...

É intrigante a manifestação da ilegitimidade humana. Dá a impressão que essa ilegitimidade surgiu desde que o ser humano desenvolveu a consciência de que tem consciência. Todos os seres vivos nascem com o saber necessário para que sua espécie siga presente na vida; as abelhas nascem sabendo...

Há anos estamos escutando que iremos passar por tempos sombrios antes do tão esperado mundo novo. Há séculos estamos vivendo tempos difíceis. Somos sobreviventes e herdeiros de ações sociais como escravidão, guerras mundiais, holocausto, ditaduras, capitalismo selvagem, patriarcado, desmatamentos, contaminações...