AMALAYA | VIAGEM A MARAJÓ 2019!
15864
post-template-default,single,single-post,postid-15864,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-9.5,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

VIAGEM A MARAJÓ 2019!

“Viajar é mudar a roupa da alma” disse o poeta Mário Quintana

um video da primeira viagem do grupo:

No meio de tantos convites a mudanças, chegou esse, ligeirinho, com aroma de flora amazônica, toque de cerâmica do seu Ronaldo, sabor de água doce e sonoridade de tambores do Pacoval.

Uma imersão para adolescentes na Ilha do Marajó.

Um mergulho na cultura nortenha desse Brasil nessa fase tão singular da vida, nosso segundo parto, o nascer da família para a sociedade.

Fica o convite para conviver em grupo por 11 dias, viver descobertas, compartilhar com o coletivo o que o coração pedir, ampliar os horizontes da vida, mergulhar na cultura marajoara e quiçá criar novas possibilidade de relação com o planeta.

Edição JANEIRO DE 2019

Quando? 

De 8 a 19 de janeiro

O que faremos?

Ficaremos hospedados em redário na Vila de Joanes.

Os passeios pela região incluem oficina de cerâmica com o artista Ronaldo Guedes numa incursão através da herança da cerâmica marajoara;

Vamos visitar a comunidade de pescadores da Vila do Céu, onde podemos sair para catar caranguejo no mangue;

Participaremos da festa semanal do grupo de Carimbó Tambores do Pacoval;

Conheceremos o Instituto Bicho D’Água e seu trabalho de conservação da grande fauna aquática;

Vamos tomar banho nos igarapés e nas praias de águas doces e salgadas, além de estar em contato com a rotina do lugar, das pessoas, caminhando e cruzando com os búfalos que circulam livremente pela região.

É um convite a um bonito intercâmbio cultural.

Com quem?

– Izadora Schettert – paraense, educadora com experiência em aulas de teatro, psicomotricidade, educação especial e coletivos parentais do Rio de Janeiro.

– Nicolás Marcoff – argentino, morador da comunidade Amalaya em São Paulo há 3 anos, pintor e agricultor experimental.

– Gutto Thomaz: paulista, desescolarizado desde os 13 anos, viaja pelo mundo aprofundando-se nas artes. Atualmente vive na comunidade Amalaya onde estuda música.

– Gabriel Maria: carioca, roteirista e fotógrafo encantado pela região amazônica.

– Helena Maria: carioca da gema, educadora, pesquisadora de educação viva com experiência em escolas inovadoras e coletivos parentais.

Para inscrições e mais informações

www.inaludicosdobrasil.com.br